Cerejas Com Morangos





terça-feira, 28 de dezembro de 2010

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Natal


Eu adoro Natal!

Por muito tempo disse que não gostava de Natal por vários motivos, um deles e o mais marcante foi ter perdido o meu tio mais amado no dia 24 de dezembro e ter passado a noite de Natal no velório. Isso aconteceu no final de 1993.

Sempre comemoramos o Natal em família, e com toda família reunida.

Lembro uma vez em um dos Natais, quando eu era criança, ganhei da minha tia um diário e meu pai pediu para me escrever uma dedicatória. Me desejou um ano maravilhoso e me lembrou o quanto ele me amava (rs). Lembro até hoje dos olhos dele me olhando e sorrindo, meu pai tinha um olhar único, profundo, e se eu me esforçar bem chego até a sentir o cheiro dele.

Lembro de nós dois dançando na sala de casa uma música do The Monkeys que a gente adorava, dos churrascos, das piadas, das nossas conversas. Nossa, tempo bom! Foram anos incríveis mesmo.

Fiz as pazes com o Natal depois que meus filhos nasceram.

Sem a presença do meu pai mas com meus filhos, reaprendi a gostar das comemorações, dos encontros familiares, da árvore cheia de presentes e de curtir e a ansiedade da entrega dos presentes.

Esse ano expliquei à eles que Papai Noel não existe . Expliquei o verdadeiro motivo porque comemoramos o Natal e pedi pra que eles nunca se esqueçam de Jesus, e é por Ele e só por Ele que devemos nossas comemorações e toda nossa vida.

Que neste e em todos os Natais ,eu, meus filhos , minha família e meus amigos, possamos ser como Maria. Permitir, sem exitar, que Jesus cresça, nasça e viva através de nossas vidas. É o meu maior desejo como cristã.

Feliz Natal!!!

E como cultura não faz mal pra ninguém uma curiosidade ( Adoro curiosidades rs)

A palavra Natal vem do latim "natális" que é derivado do verbo "nascor" que signifca nascer, por no mundo. Como adjetivo signifca o local onde ocorreu o nascimento de alguém.
Em inglês "Christmas" deriva das palavras latinas " Cristes maesse" ou "Missa de Cristo"

Então!

Feliz Natal de Jesus!!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010


Estou sem ar!

Minha falta de O2 merece atenção...

Precisando urgente colocar as idéias em ordem e a cabeça no lugarzinho certo.

domingo, 19 de dezembro de 2010

"Decepcione-se comigo, mas que a sua decepção comigo não seja uma decepção com Aquele a quem eu anuncio"

Gosto muito do padre Fábio de Melo. Li este texto essa semana e queria muito dividir com vocês.
Dividam com outras pessoas também!
Boa semana pra todos!!

"É tão fácil a gente cair na religião do mito. O tempo todo Jesus já nos alertava sobre o risco aos ídolos, pois a idolatria é um dos principais problemas religiosos no mundo. Esse é um risco que todos nós corremos, quando a nossa admiração por alguém ou por uma pessoa se torna essencial, colocada acima, em termos de importância, d'Aquele a quem anunciamos. Decepcione-se comigo, mas que a sua decepção comigo não seja uma decepção com Aquele a quem eu anuncio.

Temos de viver uma religião que seja capaz de mexer com as estruturas da nossa consciência a ponto de nos fazer acordar para tudo aquilo para o qual nós dormíamos e não sabíamos que existia dentro de nós. Já estávamos inconscientes e acostumados com o nosso jeito ciumento de amar, com nosso jeito ciumento de possuir as pessoas, achando que isso era amor. Muitos de nós já éramos desonestos nas pequenas coisas e já estávamos acostumados com isso também. Até que um dia uma palavra profética varou as estruturas da nossa vida e nos incomodou.

Uma palavra profética tem o poder de acordar os surdos e aqueles que estão dormindo e que já não escutam mais nada, num sono letárgico ou até mesmo num cumprimento de rituais inférteis, que já não servem de nada para a nossa salvação.

É a continuidade da Santa Missa que nos salva, é a história que fica diferente em cada comunhão comungada, em cada mesa partilhada, em cada confissão realizada, é o que se segue a partir daí que nos salva. O sacramento não é a mágica de um momento, mas é a continuidade da vida que vai sendo incorporada, porque o sacramento aconteceu em nós.

É disso que Jesus fala: “Não venha me dizer o que você fazia antes, não me importa o que você fazia. Importa-me o que você era. O que faz diferença para mim é o quanto a minha Palavra conseguiu transformar o seu coração a ponto de transformá-lo numa pessoa melhor”. De você olhar para trás e dizer: “Antes eu era assim, e pela força da Eucaristia, do Evangelho, do terço, eu mudei” – todas as manifestações religiosas que você pode ter e viver. Você percebe que a sua vida não é mais a mesma, porque você mudou o seu jeito de pensar, modificou o seu jeito de ser.

Humanidade é isto: é trazer a luz do Ressuscitado para nós e ver que há muito para ser limpo em nosso interior. O anúncio do Evangelho é para aprendermos que não temos de ficar com as nossas poeiras e impurezas. A religião que Jesus quer de nós é esta: que fixemos os olhos no céu, que busquemos o céu. Religião que só nos mostra a cruz é uma religião infértil, porque eu não sou filho do Calvário; eu sou filho do Ressuscitado! E quem eu anuncio sempre é o Ressuscitado.

Você não pode ficar parado no "calvário da sua vida"; todos nós passamos todos os dias por ele. Você acha que a gente vai ser santo sem sacrifício? A semente passa por todo um processo de crescimento, mas ela sabe que se não deixar de ser o que é, não atingirá seu objetivo.

A dor é o preparo. A sua dor não pode ser em vão. O que você faz com o seu sofrimento? Faz um quadro? Faz música? A genialidade está em transformar a lata velha em ouro. Ou a dor me destrói ou eu a transformo em processo de ressurreição.

Nossa vida é um desafio diário e não há tréguas. É um "lapidar" constante, tirando tudo o que é excesso em nós. Se eu não tivesse sofrido do jeito que sofri, se eu não tivesse amado do jeito que amei, eu não teria nada para contar a vocês.

Não sinta vergonha de nada que você sofreu, porque depois que passou por aquele momento, você sabe o que você sofreu para chegar aonde chegou.

"A palavra profética tem o poder de acordar os surdos."

(Pe. Fábio de Melo)

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Trechos do livro " A Identidade" - Milan Kundera

" A amizade é indispensável ao homem para o bom funcionamento de sua memória. Lembrar-se do passado, carregá-lo sempre consigo, é talvez a condição necessária para conservar, como se diz, a integridade do seu eu. Para que o eu não se encolha, para que guarde seu volume, é preciso regar as lembranças como flores num vaso e essa rega exige um contato regular com as testemunhas do passado, quer dizer, com os amigos. Eles são nosso espelho; nossa memória; não exigimos nada deles, a não ser que de vez em quando lustrem esse espelho para que possamos nos olhar nele. "

"Saboreava a ausência total de aventuras. Aventura=maneira de abraçar o mundo. Ela não queria mais abraçar o mundo. Não queria mais o mundo. Saboreava a felicidade de estar sem aventuras e sem desejo de aventuras."

sábado, 11 de dezembro de 2010

Não tem coisa que me deixe mais triste que a maldade...

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

FANTÁSSSSTICOOOOO!!!!!!!

video

domingo, 5 de dezembro de 2010

04 de dezembro


Dia 04 de dezembro aqui na minha cidade é feriado porque é dia de Santa Bárbara.

Meu dia foi bem corrido, trabalhei o dia todo até o finalzinho da tarde e quando cheguei em casa que me lembrei, que se estivesse casada, estaríamos completando 12 anos . Tomei banho e fiquei pensando...

Ontem no meu trabalho, encontrei com um colega que desabafou comigo que estava se separando. Acho que por saber que eu já passei por isso, se sentiu a vontade de me contar. Falou sobre a sua tristeza, sobre o momento dificil que está passando e da sensação de fracasso por ver um sonho desmoronado. Enxerguei nos olhos dele a necessidade que ele sentia de falar com alguém que o entendesse e o acalmasse. Conversamos bastante, escutei bastante, tentei confortá-lo da maneira que era possível pra mim alí. Lembrei à ele que Deus sempre nos segura nos momentos de dificuldades e que só o tempo e Ele podem acalmar as aflições e as feridas.Pedi pra que ele rezasse por ele e pela ex mulher.

Como diz um grande amigo meu que também está sofrendo por causa de rompimentos da vida :" Na vida sempre tem alguém para sair e um novo para entrar. Deus decide quem fica ."Concordo com ele.

Já me magoei muitas vezes com diversas pessoas e sei como é dificil ver alguém que se ama ir embora, mas ainda acho que magoar alguém , para mim , é muito pior do que ser magoada. A sensação de egoísmo ,de observar o sofrimento de alguém e dizer : Não posso fazer nada, desculpe! Isso acaba comigo.
Mas não podemos nos esquecer que temos sentimentos também. Sentimos alegria, tristeza, raiva, medo, etc.

Não podemos nos perder de nós mesmos, de quem somos. Anular-se e perder-se em função de alguém é muito triste. Tenho muita pena de observar as pessoas perdidas delas mesmas. Vão morrendo aos poucos, vão deixando a luz que Deus colocou em nós se apagar aos pouquinhos. A tristeza faz isso, nos mantém opacos.

Terminar um capítulo da vida é duro e dolorido. Mas graças a Deus ainda temos muitos novos capítulos a serem vividos.

Como seria fácil se nosso coração recebesse ordens ...

Deus permita que eu seja sempre Luz. Que minha vida seja sempre pra iluminar os que precisam enxergar o brilho Dele.

Uma coisa é fato .
Só em encontrei comigo , depois que me encontrei com Deus. Ou Ele me encontrou.

Viver na verdade não é fácil. É o caminho mais complicado. Mas a paz e a liberdade que ela nos traz não tem dinheiro no mundo que pague.

Amigos, sigam em frente! Coragem ! Como eu queria ter o dom de aliviar a dor das pessoas que eu amo.

"Tens o dom de ver estradas
Onde eu vejo o fim
Me convences quando falas:
Não é bem assim!
Se me esqueço, me recordas
Se não sei, me ensinas.
E se perco a direção
Vens me encontrar

Tens o dom de ouvir segredos
Mesmo se me calo
E se falo me escutas
Queres compreender

Se pela força da distância
Tu te ausentas
Pelo poder que há na saudade
Voltarás!

Quando a solidão doeu em mim
Quando o meu passado não passou por mim
Quando eu não soube compreender a vida
Tu vieste compreender por mim

Quando os meus olhos não podiam ver
Tua mão segura me ajudou a andar
Quando eu não tinha mais amor no peito
Teu amor me ajudou a amar

Quando os meus sonhos vi desmoronar
Me trouxeste outros pra recomeçar
Quando me esqueci que era alguém na vida
Teu amor veio me relembrar

Que Deus me ama
Que não estou só
Que Deus cuida de mim
Quando fala pela tua voz
E me diz: coragem
!"